quarta-feira, 7 de abril de 2010

"Bad news are good news"

Notícia ruim deve ser quadrada? É possível ser criativo, inclusive, no momento de noticiar tragédias? É imoral? Não sejamos hipócritas, é claro e notório que toda manchete de notícia é, no fundo, um grande exercício de marketing e publicidade para conquistar a atenção dos leitores. A capa de hoje do diário Extra é de uma sensibilidade única.


A primeira vez que escutei a expressão "Bad news are good news" (Más notícias são boas notícias) foi na faculdade de jornalismo, na aula de “técnicas de reportagem” dada pelo grande professor Wagner Belmonte, também editor na BandNewsTV. Em termos de comunicação de massa, as notícias mais chamativas são as singulares, que causam diferença, são inusitadas. Tanto, que uma antiga piadinha nas antigas redações define bem este conceito: "Se um cachorro morde um homem, isso não é notícia. Notícia é quando um homem morde um cachorro". Isso não quer dizer que é necessário ser sensacionalista ou gritar na frente da TV pegando carona no “hiperdimensionamento” das tragédias. Certo Datena?

Um comentário:

SPIDERMAN disse...

olá renato lembra de mim, e ao alisson que trabalho com vc lá no carrefour..precisamos conversar ...abraços.

manda um email para mim.

alisson.queiroz@ig.com.br